4 métricas importantes para uma boa gestão de restaurante

Ter uma boa gestão de restaurante não é uma tarefa simples, afinal, a concorrência é acirrada e os clientes são existentes. Por isso, é importante contar com boas métricas, que ajudem a ter uma visão mais sistêmica do negócio e fazer boas escolhas.

Como exemplo de métricas, é possível falar sobre o nível de satisfação e lealdade dos clientes, ticket médio e o custo de aquisição de clientes. Continue a leitura e descubra como otimizar a gestão de restaurante com essas e outras métricas.

1. Índice de satisfação e lealdade dos clientes

Já parou para refletir sobre o grau de lealdade dos frequentadores do restaurante? Pode parecer complexo mensurar isso, mas há um calculo muito simples. Nesse caso, o indicador usado é o NPS (Net Promoter Score). Para usá-lo, faça uma única pergunta aos clientes:

“De zero a dez, o quando recomendaria nosso restaurante para um amigo ou familiar?”

Após coletar o máximo de feedback, é possível classificar os clientes como detratores (0-6), neutros (7-8) e promotores (9-10). Para chegar à pontuação total de NPS, basta subtrair o percentual de detratores do percentual de clientes promotores.

2. Ticket médio por refeição

É fácil deduzir sobre o custo médio de cada refeição no restaurante, mas como é possível ter um número exato? Para isso, uma importante métrica é o Ticket médio, que aponta a média de receita gerada por cada refeição vendida. Veja como calcular:

Ticket médio (R$) = valor total da venda / número de refeições vendidas

Não há um valor adequado para essa métrica, pois isso varia de acordo com a estratégia de diferenciação usada em cada restaurante. Caso queira elevar o Ticket médio, é aconselhável investir em um cardápio de maior valor agregado.

3. Custo de aquisição de clientes

Atrair os clientes para o restaurante não é fácil, é preciso investir em ações de vendas, campanhas pelas redes sociais e assim por diante. Contudo, como calcular o valor exato gasto para adquirir cada cliente? Conheça, agora, a fórmula:

CAC (em R$) = investimentos totais em marketing e vendas / número de clientes conquistados

É importante ter cuidado com essa métrica. Deve-se investir na atração do cliente, porém sem deixar que isso interfira demasiadamente no percentual de lucratividade. Uma saída é investir em ações de marketing digital, que são eficazes e acessíveis.

4. Percentual de crescimento por período

A expectativa de todo empreendedor ou gestor é ver seu negócio crescer, conquistando receitas cada vez maiores e atraindo ainda mais clientes. Todavia, poucos sabem como monitorar, de forma quantitativa, esse crescimento. Confira:

Crescimento (em %) = (receita do ano atual- receita do ano anterior) / receita do ano anterior x 100

É possível saber se o restaurante está crescendo adequadamente de acordo com as taxas de crescimento do segmento, de pesquisas divulgadas pelo SEBRAE ou do próprio PIB. Para otimizar a receita, é importante melhorar o Ticket médio e a conversão de clientes.

 

Turbine a sua gestão de restaurante!

Veja, agora você está por dentro do assunto! O acompanhamento desses indicadores depende de um bom software de gestão de restaurante, que ofereça dados confiáveis sobre as vendas, finanças, compras e diversos outros recursos.

Gostou do conteúdo? Agora, aproveite para curtir nossa página no Facebook e ficar sempre por dentro das nossas novidades!

Comentários

comentários

empresa de software de gestãoBlack Friday