5 dicas para aumentar as vendas em uma lanchonete

O setor de alimentação é um dos mais competitivos do mercado, pois não faltam opções para o consumidor. E para se destacar neste ramo, o empreendedor precisa estar atento aos pontos considerados cruciais para que seu estabelecimento possa aumentar as vendas e alcançar bons resultados.

Como em todo empreendimento, um bom planejamento faz toda a diferença e ajuda a simplificar alguns itens no decorrer do processo. Primeiramente, o empreendedor deve identificar e conhecer o seu público alvo. A partir deste estudo, ele consegue mapear e identificar em quais produtos e segmentos deverá investir e oferecer no seu estabelecimento.

Mas não pense que o trabalho está concluído, e aí que ele realmente se inicia. Veja a seguir algumas dicas que podem de ajudar a aumentar as vendas em uma lanchonete.

 

1 – O bom atendimento é o início de tudo

Uma coisa é certa: cliente mal atendido não volta. E para que isso não acontece em sua lanchonete, uma equipe treinada e bem equipada faz toda a diferença. Em conjunto com o ambiente limpo e adequado, o atendimento é a primeira impressão que o cliente terá do seu estabelecimento. Invista em treinamentos específicos para que a sua equipe esteja sempre segura na hora de atender ou resolver qualquer problema que o cliente apresente.

A agilidade no atendimento também conta como ponto positivo. Para apoiar esse processo você pode investir em softwares de gestão disponíveis no mercado, integrando os pedidos e o fechamento da conta com o detalhamento tributário e fiscal, e ainda te ajuda no controle de estoque. Uma mão na roda tanto para o atendente quanto para o dono do estabelecimento. E quem sai ganhando é o cliente, que certamente voltará.

 

2 – Invista em promoções

Sabemos que há dias mais e menos movimentados nas lanchonetes, influenciados por inúmeros fatores externos. Para atrair clientes nos dias de menor movimento, invista em promoções pontuais. Ofereça produtos diferenciados para cada dia da semana e com preço inferior ao que costuma praticar. Além de atrair o cliente pelo bom preço, isso possibilita que ele conheça o seu cardápio ao longo da semana. Os combos de produtos também são uma boa pedida: “peça esse e leve também aquele”.

Independente da opção que escolher, o importante manter a equipe sempre informada das promoções do dia, assim como o cliente. Você pode manter um cardápio diferenciado para os dias de promoções, ou ainda, investir em cardápios digitais, que possibilitam alterações diárias, destacando ou sugerindo determinado produto para o cliente. É uma comodidade para quem escolhe.

 

3 – Fidelize seu cliente

Cativar seu cliente encurta e muito o caminho para que ele se torne fiel. E um cliente satisfeito atrai mais facilmente outros clientes. Com isso, você acaba até economizando com investimento em marketing, pois a indicação de um conhecido conta muito na hora de escolher um novo estabelecimento.

E como fidelizar meu cliente?

O bom atendimento, a limpeza do local, um ambiente agradável, um produto de qualidade elevada, tudo isso faz com que o cliente sinta vontade de voltar e indique sua lanchonete para amigos e familiares.

Além disso, você pode investir em um “programa de fidelização” distribuindo cortesias para seus clientes (através de pontos ou número de pedidos por exemplo). Mas não deixe de treinar e comunicar todos os colaboradores para que todos estejam informados sobre o programa em vigor no período.

Todo zelo é necessário, pois também há o outro lado da moeda: nos dias de hoje, devido à facilidade e dinamismo da internet e redes sociais, qualquer reclamação ou insatisfação por parte do cliente vai para a rede e pode tomar dimensões negativas enormes para sua marca.

 

4 – Horários e dias diferenciados

Um bom recurso para aumentar as vendas na sua lanchonete é abrir em dias ou em horários em que a maioria está de portas fechadas. Essa estratégia visa atrair novos clientes que consumiriam na concorrência.

Se o seu estabelecimento serve apenas o jantar, estenda o atendimento para que passe a servir também café da manhã e opções para o almoço, por exemplo.

 

5 – Carro chefe

Escolha um produto que será a especialidade do seu estabelecimento e certifique-se de que ele realmente é um ótimo produto. Pode ser uma receita de família, por exemplo.

Ao escolher o item que fará este papel, coloque-o em destaque no cardápio e instrua sua equipe a oferecê-lo como a “melhor opção da região”. Aos poucos ele vai se tornando uma referência servida com exclusividade em seu estabelecimento. Certamente novos clientes virão, indicados por antigos clientes, para provar o tão falado prato.

Tente pensar nas vezes que fez isso por conta de determinado produto. Quantas vezes frequentou determinado restaurante porque servia o “melhor empanado” da região, e pense também na sua satisfação em saborear aquele alimento. É isso que deve ser feito aqui. Os clientes devem sentir vontade de consumir o seu “produto referência”.

 

Certamente aumentar as vendas em uma lanchonete requer muita dedicação e paciência de todos os envolvidos. Mas o cliente deve ser o foco, sempre.

Gostaria de obter mais detalhes sobre o assunto? Baixe gratuitamente o nosso e-book sobre atendimento e fique por dentro de dicas e estratégias para aumentar as vendas em sua lanchonete. Boas vendas!

 

Comentários

comentários