O fim do ECF (Emissor de Cupom Fiscal)

Como já sabemos o governo continuamente mantém esforços para automatizar todo o sistema de arrecadação tributária, nosso país é um case mundial no assunto e em todo o Brasil esta sendo implantado a maior revolução já vista em emissão de notas fiscais pelo varejo desde a calculadora com manivela, a NFC-e (Nota fiscal de Consumidor Eletrônica).

Com a NFC-e o varejo e o consumidor ganham.

De um lado permitirá ao varejista maior agilidade, economia de papel, desburocratização com relação ao uso do ECF, descentralizar o processo de venda, emitir a nota fiscal através de tablets, smartphones entre outros dispositivos, permitindo a redução do investimento para ampliação dos pontos de venda, permitindo nos meses de pico de movimento o aumento dos pontos de venda sem a necessidade da aquisição de ECFS.

Enquanto do lado consumidor haverá uma melhor experiência de compra, este será atendido de forma mais ágil, redução de filas, poderá consultar em tempo real sua compra apenas lendo um código bidimensional (QRCODE) com seu smartphone ou tablet, facilidade em consultar sua compra para garantia do item comprado.

No vídeo abaixo você encontra maiores detalhes:

Por: Kerler Chaves

Comentários

comentários

christian-barbosa-especialista-em-gestao-do-tempo-e-produtividade