Mesas e cadeiras para restaurante: um fator chave para a experiência do consumidor

As opções de mesas e cadeiras para restaurantes são diversas e o gestor do estabelecimento pode ficar indeciso e perdido na hora de fazer suas escolhas. Mas a especialista em móveis para restaurantes, Franco Bachot, explica tudo para você neste post!

Redonda, quadrada, retangular, moderna, tradicional, rústica, pequena ou média? As opções de mesas e cadeiras para restaurantes são diversas, e o gestor do estabelecimento pode ficar indeciso e perdido na hora de fazer suas escolhas.

Atualmente, os clientes estão cada vez mais exigentes e procuram muito mais do que uma comida saborosa: eles buscam por uma experiência de valor. Muito além da refeição, eles valorizam locais com atendimento de excelência, rapidez, música ambiente, cardápios diversificados, decoração, preço compatível com a proposta do local e conforto.

Afinal, vamos a restaurantes não apenas para nos alimentar, mas, também, para socializar com as pessoas. Você já teve a experiência de estar almoçando e o cotovelo do colega ao lado te importunar? Ou estar em um restaurante superbonito, mas o tamanho do assento da cadeira ser tão pequeno que você não se sente bem?

O conforto proporcionado aos clientes faz toda a diferença e, certamente, influenciará na escolha deles de onde ir.

Ficou curioso em saber como escolher mesas e cadeiras para restaurante e proporcionar para os visitantes uma experiência marcante? Continue acompanhando o post e confira!

Mesas e cadeiras: visão geral

Muito além da preocupação com a parte estética, as mesas e cadeiras precisam oferecer conforto e segurança para o cliente, além de praticidade para o manejo dos funcionários e durabilidade, para valorizar o seu investimento.

É fundamental que a escolha desses itens seja feita com base em móveis específicos para restaurantes e bares, que tenham a capacidade de lidar com o desgaste diário — mantendo-se bonitos e utilizáveis. Se você investir em móveis não profissionais, poderá até economizar no curto prazo, mas o tempo de utilização será tão menor e você terá que comprá-los novamente muito antes do planejado.

Ao escolher os móveis para a concepção do lugar, esteja atento aos tipos de materiais de que são fabricados: eles devem possibilitar fácil manejo e facilitar a limpeza. Invista em estofados de tecidos que valorizem o espaço.

Estilo

A escolha do estilo das mesas e cadeiras para restaurante dependerá da identidade visual da sua marca: ele deve estar alinhado com a decoração e a proposta do restaurante.

Mesas e cadeiras portáteis oferecem flexibilidade e facilidade ao redesenhar o ambiente, podendo ser organizadas de diversas maneiras para acomodar diferentes eventos. Além disso, caso precise fazer uma reforma no local, esse tipo de móvel é bastante prático.

As fixas, por sua vez, presas à parede ou ao chão, podem ser eficientes em termos de aproveitamento de espaço e mantém a organização de espaços muito movimentados.

Regulamentação

Antes de iniciar com as ideias de design do salão do restaurante, é preciso analisar como essa sala é: única ou dividida em pequenos ambientes? Verifique se existem de leis locais que determinem  algum requisito quanto a metragem por cliente, capacidade do espaço, assim como as medidas de corredores.

Importante entrar em contato com o Corpo de Bombeiros local e a Vigilância Sanitária, para colher informações sobre essas normas. A escolha de mesas e cadeiras será influenciada pela quantidade de lugares permitida para o local.

Após analisar a regulamentação, defina o tamanho da área (em metros quadrados) será reservada por cliente, e lembre-se sempre da circulação. Essa análise será o ponto de partida para o planejamento do layout.

Não se esqueça de prever um espaço entre as mesas e de pensar em locais amplos que possam acomodar as cadeiras de roda e os carrinhos de bebê.

Importante também analisar as necessidades do próprio estabelecimento. Por exemplo, restaurantes requintados podem precisar de um espaço para estacionar carrinhos de refeição. A ideia é que os movimentos na sala de jantar sejam feitos de maneira fácil e fluida, sem barreiras.

Formato

O formato do mobília do restaurante influencia diretamente na experiência gastronômica dos seus clientes.

Mesas redondas são um convite para conversação e sociabilidade; as quadradas ou retangulares, por sua vez, são eficientes em termos de aproveitamento de espaço.

É necessário analisar o tamanho das bandejas e outros recipientes em que serão servidos os alimentos. As mesas devem ter um tamanho que possibilite aos clientes acomodar os utensílios confortavelmente.

Alguns estabelecimentos optam por oferecer mesas para duas pessoas, que são ótimas opções para casais — e evitam, assim, assentos vazios em mesas para quatro pessoas. As menores são ótimas também pela flexibilidade que proporcionam: podem ser acopladas em outras maiores ou servir como suporte para acomodar bandejas, por exemplo.

Cuidados com o cliente

Coloque-se no lugar do seu cliente! Sente-se em todos os lugares disponíveis para prever as possíveis reclamações e reveja o conforto que a mesa e a cadeira proporcionam.

Observe com os olhos de quem estará lá: será que de todos os lugares, é possível ser visto pelo garçom? Será que formam-se grupos de funcionários em torno de algum local? Observe, tenha empatia e conquiste clientes.

Ao perceber questões como essas, você poderá rever o design da sala de jantar e minimizar possíveis reclamações. Esteja atento!

Ao estudar como o seu cliente deseja se sentir em seu restaurante, você pode entender quais são as expectativas dele e o que ele deseja ao escolher o seu estabelecimento: seu empreendimento é um local para qual público? Precisa de mesas grandes? É descontraído ou um ambiente para negócios? Esses pontos devem ser levados em consideração e lhe ajudarão a compreender qual a estrutura necessária para fidelizar clientes.

No momento da escolha e da compra de mesas e cadeiras para restaurante, é preciso levar em conta a funcionalidade, resistência, durabilidade e estilo.

Além do mais, é importante estabelecer uma experiência afetiva com o cliente por meio de itens como: personalização, mobílias, decoração e outros detalhes. Essas especificidades permitirão que o público crie simpatia e identificação com o seu restaurante.

Lembre-se sempre: muito mais do que “matar a fome”, o seu restaurante proporciona uma experiência. Sendo assim, agregue valor: invista sempre em atendimento rápido e eficaz, na facilidade de se fazer os pedidos, tenha um menu personalizado e uma equipe rápida, crie programas de fidelidade e torne possível que clientes te deem feedback.

Essas dicas de como escolher mesas e cadeiras para restaurantes lhe foram úteis? Então siga a Franco Bachot no Facebook, Instagram e LinkedIn!

 

Comentários

comentários

5 erros que podem quebrar uma empresa/