5 estratégias inteligentes para motivar a equipe

Motivar a equipe

Motivar a equipe, um grupo motivado pode fazer maravilhas pela produtividade de uma empresa. Funcionários que sentem satisfação verdadeira em desempenhar suas funções podem render muito mais que outras pessoas, até mesmo mais talentosas, mas que não encontram razões para se dedicar. Motivar a equipe é fazer com que todos tenham um propósito maior que apenas o de fazer sua parte.

A motivação é contagiante! Ela torna o dia a dia mais leve, incentiva os outros a adotarem uma postura mais positiva e é capaz de minimizar diferenças e maximizar esforços em prol de um objetivo maior.

O problema é que alguns líderes confundem motivação com entusiasmo. Surpreender os funcionários com um jantar grátis numa bela churrascaria certamente deixará todos ansiosos para trabalhar com agilidade e chegar logo ao fim do expediente, mas só vai funcionar por algumas horas. Na manhã seguinte, tudo estará de volta ao status quo de sempre e, assim, nunca haverá jantares suficientes para manter o brilho nos olhos.

Ao contrário, quando a motivação é abrangente e orgânica, ou seja, quando ela é interiorizada pela equipe, tudo flui naturalmente, refletindo em aumento da qualidade, clientes bem impressionados, maior produtividade e ambiente de trabalho mais saudável, com pessoas conscientes de sua importância e dispostas a dar o melhor, pois acreditam de fato no que estão fazendo.

Falando assim, parece bem difícil, mas não é. Tudo depende de ser um líder com a atitude adequada. Mesmo as equipes mais esmorecidas podem mudar subitamente e passar a corresponder aos anseios da organização, desde que as ferramentas certas sejam utilizadas. Vamos conferir algumas técnicas eficientes!

5 estratégias para motivar a equipe

1 – Pense coletivamente. Aja individualmente

Sua equipe não é um rebanho. Portanto, aquilo que funcionou para um pode dar errado com outro. Conheça seus funcionários a fundo, procure saber quais são seus interesses, ouça suas histórias, entenda seus sonhos e compartilhe suas visões. Nada mais frustrante do que um líder que não tem a menor ideia de quem são as pessoas à sua volta.

2 – Crie mecanismos de incentivo

Não, não se trata apenas de dinheiro. Há inúmeras maneiras de deixar as pessoas mais felizes, se o gestor for razoavelmente criativo: pontos convertidos em dias de folga, mediante o cumprimento de metas; incentivo para programas educacionais; permuta para a aquisição de produtos e serviços realmente úteis, e assim por diante.

3 – Ofereça mais do que simples tarefas

Tarefas são entediantes, missões são instigantes. Cumprir uma tarefa é algo mecânico, chegar ao fim de uma missão é recompensador. É claro que qualquer empresa precisa de gente que queira trabalhar e ponto final. Mas se o gestor for capaz de incutir um senso de propósito, poderá encontrar o melhor de cada funcionário.

4 – Seja um bom ouvinte

É até possível liderar sem ligar para o que os outros pensam, mas não há como obter o respeito das pessoas quando elas acreditam que sua opinião é irrelevante. Gerentes com mão de ferro costumam ser eficazes, mas jamais serão inspiradores. Por outro lado, quando um gestor ouve o que o funcionário tem a dizer, tentando colocar-se no lugar dele, se estabelece uma relação de igualdade, mesmo que não haja consenso, ao final. Não há motivação sem diálogo.

5 – Reconheça o mérito e dê crédito a quem merece

Deu errado? Encontre o culpado e faça com que todos saibam da punição. Deu certo? Assunto encerrado; vamos para a próxima demanda. Essa abordagem simplesmente não funciona mais. As pessoas querem saber que seu trabalho é importante, que sua contribuição é parte de algo maior. É preciso valorizar os feitos da equipe, celebrar os resultados, reconhecer o papel de cada pessoa. Motivar uma equipe, acima de tudo, é saber a hora certa de dizer: obrigado!

E então, que tipo de equipe é a sua? Ela cumpre tarefas ou missões? Deixe um comentário neste post com dicas para motivar a equipe!

Comentários

comentários