Controle os custos fixos e variáveis do seu restaurante

Identificar quais são os custos do restaurante é o primeiro passo para controlar o fluxo de despesas do estabelecimento e alcançar o controle do caixa.

Os custos de um restaurante podem ser basicamente divididos em: custos fixos e custos variáveis. Saber identificar o que é cada um deles facilita a administração dos recursos de forma mais inteligente, e possibilita aplicar o custo real em cada produto oferecido, aplicando o rateio das despesas e, a partir daí, enxergando melhor o seu lucro.

Veja como identificar e classificar cada uma das despesas.

 

CUSTOS FIXOS

São aquelas despesas que aparecem todo mês, tem valores fixos e não dependem das vendas para existir.

 

Aluguel

É uma das despesas mais significativas de um restaurante, pois ter um ponto comercial amplo e bem localizado não custa pouco. É importante negociar antes de fechar o contrato, pois além de alto, é um custo fixo, sem possibilidade de alterações no valor.

 

Contas básicas

Aqui entram as contas de água, luz, gás, telefone, TV por assinatura, provedor de internet entre outras necessárias para que seu estabelecimento funcione e ofereça um ambiente confortável para o cliente.

O valor pode variar de acordo com a utilização de cada serviço ao longo do mês, mas não deixa de ser um custo fixo, pois independente do valor, todo mês será cobrado. Essas contas pedem muita organização, pois vencem em datas diferentes umas das outras. É importante atentar-se as datas de vencimento e não se perder nos pagamentos para que o fornecimento desses serviços não seja prejudicado.

Um ponto positivo deste item: é possível economizar! Janelas amplas permitem aproveitar mais a luz natural; mantenha os aparelhos de ar condicionado nas temperaturas mais elevadas; deixe os utensílios de cozinha de molho numa bacia com um pouco de água sanitária antes de lavar, possibilitando que se use menos água e produtos de limpeza; negocie um plano de internet/tv mais barato com a operadora, etc. Parece pouco, mas ao longo no ano é possível notar uma boa diferença.

 

Folha de Pagamento

Está entre os custos fixos mais importantes do estabelecimento. Aqui não há como economizar. O valor deve acompanhar o valor praticado pelo mercado, já que e a mão de obra deve ser especializada. Um colaborador bem pago trabalha motivado, o que resulta em cliente satisfeito e, consequentemente, casa cheia.

 

CUSTOS VARIÁVEIS

Estes custos estão diretamente ligados com a matéria prima, ou seja, todos os produtos utilizados para preparação das bebidas e refeições no restaurante.

Controlar esses recursos requer, além de uma boa negociação com fornecedores e prazos de entrega, também uma boa gestão do estoque. Não adianta comprar produto com uma boa negociação e deixá-lo vencer no estoque, é dinheiro jogado fora. Ou ainda ter um menu interessante, mas não manter no estoque produtos necessários para a preparação dos pratos do cardápio.

Mesmo que você compre determinado produto todos os meses, é considerado um custo variável por conta das alterações de preço que pode sofrer até a próxima compra. Essas alterações geralmente são influenciadas por fatores externos: variações na economia, mudanças de clima, atraso na entrega, etc.

Neste caso, um menu inteligente e bem elaborado ajudaria a driblar essas variações de preço, substituindo os produtos caros por outros produtos mais baratos, como frutas e legumes da época. Parece pouco, mas em grande escala fará uma enorme diferença no seu orçamento. Aqui podem ser utilizados os cardápios digitais, que possibilitam alterações de menu, de acordo com a necessidade.

 

BOA GESTÃO

Controlar e otimizar os custos do restaurante não é uma tarefa fácil. A dedicação deve ser diária. Mas hoje, existem muitos recursos que facilitam esse processo, um deles pode ser o software de gestão.

Um investimento assertivo e acessível, ter um sistema focado no seu negócio possibilita gerenciar e promover uma visão completa do estabelecimento. O software permite o diagnóstico de problemas e gargalos, bem como o acompanhamento de indicadores com a emissão de relatórios gerenciais.

Além de ter uma visão ampla das despesas atuais, é preciso sempre manter uma estimativa das despesas futuras, e também, do lucro. Os softwares de gestão garantem uma administração eficaz de todas essas questões, pois permitem uma visão mais abrangente da operação.

Veja também neste eBook outros benefícios de usar um software de gestão:

 

Comentários

comentários