Skip to content

Tendências do varejo para 2017: conheça as principais

Por Juliana Rodrigues
Publicado em 4 de janeiro de 2017
Modificado em 20 de março de 2019
tendências do varejo

Os supermercados alcançaram números louváveis nos últimos anos. Em 2015, mesmo perdendo vendas reais, eles aumentaram seus postos de trabalho e cresceram 7,1% em relação a 2014, segundo a Associação Brasileira de Supermercados.

Em 2016, as vendas aumentaram 10,27% no acumulado do ano. E para manter o empreendimento aquecido, é preciso ter um olho nas demandas do público e o outro no futuro, antecipando necessidades e modernizando o negócio.

Você está em busca de inspiração para inovar em 2017? Confira as tendências do varejo e se prepare para fazer da tecnologia e da sustentabilidade as suas maiores aliadas!

Supermercado digital

A Marsh Supermarkets equipou as suas lojas com tecnologia Bluetooth para enviar cupons de desconto, anúncios, informações de produtos e ofertas aos fregueses. E eles não são os únicos: cada vez mais varejistas estão usando a tecnologia para proporcionar novas experiências para o público.

Etiquetas eletrônicas estão em teste na rede Kroger, oferecendo não apenas preços, mas também informações nutricionais e anúncios. Seu catálogo de produtos pode ir muito além da apresentação de ofertas!

Sustentabilidade

Os consumidores estão cada vez mais conscientes do impacto que causam no meio ambiente. Em 2014, o Instituto Akatu mostrava que 53% deles esperavam que as empresas fossem além do que é estabelecido pelas leis.

Já a consultoria TrendWatch identificou que uma das tendências emergentes para 2017 é a “captura de capacidade”, que busca encontrar novas fontes de valor ou eliminar desperdícios.

Marcas ligadas ao trabalho infantil ou análogo à escravidão, que usem ingredientes poluentes ou que não se preocupem com a inclusão social ficam cada vez mais deslocadas.

Isto também vale para os supermercados. É fundamental manter uma relação respeitosa com os colaboradores, reduzir o consumo de água e energia, bem como a emissão de CO2 e garantir que os produtos ofertados não prejudiquem a saúde e a segurança do consumidor.

Aumentar o volume de compras, de forma a diminuir as idas ao atacadista já ajuda bastante e não necessita de grandes investimentos.

Supermercado como espaço para entretenimento e aprendizado

Demonstrações de produtos e cursos transformam o supermercado em um espaço de convivência e atraem mais consumidores. O H-E-B, por exemplo, convida chefs para prepararem receitas diariamente no programa Cooking Connection. Você pode testar o formato com um dia da semana, oferecendo degustações e sabores diferenciados em sua padaria ou restaurante.

Lojas com restaurantes

Entre as tarefas da casa, do trabalho, da faculdade e da academia, a rotina está cada vez mais apertada, sobrando pouco tempo para a preparação de refeições gostosas e saudáveis.

Por isso, cafés e restaurantes com menus variados têm feito sucesso nos supermercados ― tanto que a Starbucks tem investido em lojas dentro de supermercados. Aposte em espaços que instiguem a permanência do consumidor, oferecendo conforto e um atendimento de excelência.

A rotina apressada também aumenta a demanda por pratos congelados ou pré-prontos. Na organização das gôndolas, aproxime ingredientes. Os vinhos podem ficar próximos dos queijos, e os iogurtes podem ficar próximos de granolas e castanhas.

Sistema de gestão de estoque online

Para qualquer empreendimento que busque vantagens competitivas no mercado, gerenciar estoque é um desafio. Por isso, diversas empresas estão investindo em um sistema de gestão online, o que facilita o gerenciamento de dados de todo o processo.

No programa, é possível registrar os pedidos de compra para monitorar a entrada de produtos e atualizar o estoque automaticamente. Com isso, dados duplicados ficam cada vez mais raros.

Com o controle de estoque facilitado, o colaborador ganha mais tempo e energia para cuidar de outros processos, melhorando a qualidade do atendimento.

Experiências diferenciadas

Os millenials (jovens entre 16 e 24 anos) estão dispostos a investir mais para obter uma boa experiência de compra. Segundo uma pesquisa da Nielsen, 37% deles não pretendem economizar nas compras de supermercado.

Além de oferecer experiências segmentadas para o público-alvo (eventos para o público fitness, degustações para apreciadores de vinhos, etc), aposte em um bom atendimento, com vendas sugestivas.

E você, está preparado para as tendências do varejo? Aposte em novidades e se destaque no mercado! E já que mencionamos a força dos restaurantes em supermercados e das experiências diferenciadas, confira o nosso ebook sobre tendências tecnológicas que seu restaurante precisa conhecer!

Juliana Rodrigues

Materiais de gestão para levar sua empresa ao próximo nível

Sobre

A KCMS é uma empresa de softwares e inovação com atuação em nível nacional e revendas especializadas. Busca oferecer a seus clientes soluções que permitem levar mais gestão para seus negócios, tornando-os mais competitivos e rentáveis levando-os a um novo patamar.