6 dicas para aumentar suas vendas com um software de gestão para restaurante

Muitas vezes você foca suas ações de vendas no óbvio: promoção, divulgação, boca a boca. Mas já parou para pensar como a tecnologia de um software de gestão pode te apoiar nessa missão?

A gestão eficiente de um restaurante vai muito além do bom atendimento. O empreendedor deve estar envolvido com todas as áreas, e mais que isso, deve ter controle sobre todas elas. Seja na administração, no estoque, no financeiro ou na cozinha, é preciso que ele tenha uma visão global sobre o negócio para que consiga planejar seu crescimento e driblar eventuais problemas com certa tranquilidade.

Uma decisão errada ou um problema negligenciado pode trazer prejuízos financeiros que seriam facilmente evitados com o auxílio de um software de gestão. Ter todo o processo interligado pelo sistema traz agilidade e autonomia para o negócio, e consequentemente crescimento das vendas.

Veja abaixo seis dicas de como um sistema de gestão poderá alavancar as vendas do seu restaurante:

 

Agilidade no atendimento

O sistema integrado permite que o pedido feito pelo garçom vá direto para a cozinha, e posteriormente para o caixa, para o fechamento da conta. O cliente pode demorar muitos minutos para escolher o prato, mas após isso, tem pressa. O mesmo ocorre com a conta, ele pode ficar horas papeando na mesa, mas tem pressa quando decide que é hora de ir embora.

 

Cardápio digital

O cardápio digital, além de moderno e atraente, permite que sejam colocados ou excluídos itens de acordo com a demanda do negócio: inclusão de promoções e novidades ou exclusão de itens em falta.

Outra vantagem é a opção de poder incluir combos de produtos, fazendo com que o cliente consuma produtos que não pensava em consumir: uma sobremesa que sugere uma água como acompanhamento, ou um café por exemplo. Ajuda os clientes mais indecisos, e de quebra, alavanca vendas dos seus produtos.

 

Controle do estoque

O controle de estoque é fundamental para garantir a sobrevivência do negócio. Estoque em excesso gera desequilíbrio de caixa, estoque que não gira provoca prejuízo, enquanto um estoque insuficiente causa perda de oportunidade de venda.

O sistema de gestão permite um controle minucioso dos itens existentes, de acordo com data de entrada. É muito desagradável para o cliente decidir por um prato, e ser informado pelo garçom que determinado item está “em falta”, dois pontos a serem considerados: a venda perdida e o cliente infeliz. Ou ainda, perder produtos que nem foram utilizados por conta do prazo de validade. É prejuízo na certa.

 

Gestão tributária

Se a gestão tributária não for bem cuidada, não adianta vender muito, comprar bem, controlar o estoque e acompanhar o fluxo de caixa diariamente: as multas decorrentes de atrasos nos pagamentos anulam todos os demais itens.

O sistema de gestão é programado de acordo com o porte e o ramo de atuação da empresa, permitindo cálculos corretos dos tributos obrigatórios de acordo com cada setor. Sem possibilidade de erros, ou atraso nos prazos de entrega.

 

Emissão de relatórios

O equilíbrio financeiro se fundamenta em um tripé: planejamento de gastos e investimentos, controle de receitas e despesas e análise dos resultados. Com um software de gestão, é possível ter este tripé disponível, e a partir daí gerar as seguintes análises:

  • Fazer o mapeamento do ranking de vendas de produtos individualmente, ou retorno da margem financeira de cada um.
  • Identificar quais são os dias da semana e os períodos do ano com vendas em baixa para poder planejar ações para nivelar a média de vendas o ano todo;
  • Levantar quais são os meios de pagamento mais comuns no estabelecimento, e acompanhar os detalhes junto aos extratos de venda.

 

Gestão de resultados

Quando a empresa não conta com um software de gestão, saber quais são os resultados alcançados é uma tarefa árdua e demorada, sendo necessário analisar diversas planilhas que geralmente ficam prontas muito tempo depois do fechamento do mês, e com grande possibilidade de conter informações erradas.

Com o software, a base de consulta passar a ser única e confiável. A informação será incluída uma única vez e servirá para todas as consultas, evitando retrabalhos e erros. Gerando, assim, economia de tempo e mão de obra.

 

Gestão de vendas

Além de toda a gestão administrativa que listamos acima, o software tem papel técnico fundamental na gestão de vendas do seu negócio. Um módulo focado em gestão de vendas, por exemplo, tem funcionalidades voltadas à emissão e controle de propostas e pedidos de venda e delivery:

  • Funções de pré venda e dav;
  • Pedido de venda corporativo;
  • Controle de pedidos delivery (com identificação de chamadas, taxas de entrega e controle de entregadores);
  • Impressão de pedidos em impressora de controle interno, fiscal e A4;
  • Possibilidade do pedido ser importado através do PDV (Ponto de Venda) emitindo cupom fiscal;
  • Permite a identificação de chamadas no modo delivery, identificando o cliente antes do atendimento telefônico;

O software de gestão possui também recursos que permite um maior gerenciamento das mesas em tempo real, como também solução para todo o atendimento dos garçons via smartphones aumentando a rotatividade das mesas, e consequentemente as vendas. Sucesso garantido para o seu negócio.

 

Gostou das dicas? Então entre em contato com nosso time de consultores e veja, na prática, como um software pode trazer mais eficiência para o seu negócio.

E se quiser saber mais sobre o mundo de gestão de restaurantes, assine nossa newsletter!

 


Comentários

comentários

Contabilidade e software de gestãoeconomia-restaurante