Veja os indicadores que sua empresa precisa acompanhar

Acompanhar os resultados é uma das principais atividades desempenhadas pelos gestores em uma organização. Com a ajuda dos KPIs (Key Performance Indicators) ou indicadores chave de performance, em português, é possível medir o desempenho organizacional, identificar falhas nos processos e descobrir oportunidades de melhorias.

O problema é que, muitas vezes, os gestores não sabem exatamente o que medir e acabam se perdendo diante de tantos indicadores. Para economizar tempo, o primeiro passo será compreender os objetivos da empresa para saber quais informações serão mais importantes de serem obtidas na medição.

Pensando nisso, desenvolvemos um post com algumas dicas de gestão baseadas nos principais indicadores de performance utilizados pelas grandes empresas do mundo todo. Confira!

1. Indicadores de produtividade

Os indicadores de produtividade são comumente utilizados para medir o volume atual de produção gerado por máquina/colaborador considerando o tempo para a execução do processo completo ou das etapas envolvidas nele.

Ele é um importante indicador de desperdícios de recursos e ajuda os gestores a encontrarem soluções de otimização no setor.

2. Indicadores de qualidade

Em parceria com os indicadores de produtividade, os indicadores de qualidade medem o resultado final da produção. Seja um produto, seja um serviço, o seu estado é avaliado para que a entrega atenda às exigências do mercado em relação às funcionalidades, à durabilidade e a outros quesitos que devem ser cumpridos.

O número de avarias, por exemplo, é um indicador que pode representar se a produção está satisfatória ou com desvios além do aceitável. Esse indicador pode ajudar a empresa a construir uma boa imagem e a ganhar um diferencial competitivo forte diante da concorrência.

3. Indicadores de capacidade

Se a sua empresa possui um plano de desenvolvimento sustentável, aqui vai uma das principais dicas de gestão. Use um indicador de capacidade para saber se o nível de produção atual tem espaço e condições para crescer ao longo do tempo.

Um exemplo é medir quantos produtos ou serviços são entregues por um determinado período de tempo pelas máquinas e/ou colaboradores considerando o potencial máximo que podem atingir.

4. Indicadores estratégicos

Os indicadores estratégicos são capazes de medir o estado atual da empresa comparado com o planejamento feito inicialmente. Ou seja, eles demonstram se os objetivos traçados serão alcançados antes ou depois do planejado e se a situação atual representa o que realmente deveria ser.

Esses indicadores são muito importantes para corrigir desvios nas estratégias e para manter o negócio no rumo do crescimento.

5. Indicadores financeiros

A saúde financeira da empresa é um dos quesitos mais importantes que os gestores devem avaliar, já que, sem recursos, o funcionamento do negócio pode ficar comprometido. Veja os principais indicadores financeiros que os gestores precisam utilizar:

  • Taxa de lucratividade;
  • Valor do ticket médio por cliente;
  • Taxa de inadimplência dos clientes;
  • Nível de endividamento da empresa.

Todos esses indicadores utilizados conjuntamente podem aumentar o potencial de gestão do negócio. Porém, é necessário contar com uma ferramenta de apoio como um software de gestão para auxiliar o gestor a agregar mais eficiência operacional e estratégica por meio da automatização de tarefas.

Além da economia de tempo, um software de gestão pode fornecer informações mais precisas e ajudar o gestor a direcionar o foco dos esforços para onde realmente é necessário.

E você? Como mede os resultados da sua empresa? Conta para a gente nos comentários!

Comentários

comentários

Saiba como fazer treinamento para garçons em novas tecnologiasQuais as funcionalidades que o software de PDV precisa ter?