Inspeção sanitária: o que fazer ao receber uma visita?

Ao se abrir um restaurante ou qualquer estabelecimento que sirva alimentos às pessoas, um dos maiores cuidados que se deve ter é com a segurança alimentar do que servimos, sobretudo em caso de inspeção sanitária. Entretanto, mesmo tomando todos os devidos cuidados, uma surpresa sempre pode ocorrer e é preciso estar preparado para atender os requisitos sanitários da lei.

Se você tem dúvidas sobre os critérios adotados pela fiscalização sanitária e como você pode se preparar para atendê-los, acompanhe nosso artigo e saiba tudo o que precisa para servir alimentos melhores e mais seguros para seus clientes.

Antes de mais nada: o que é a Anvisa?

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) foi criada em 1999 pela Lei nº 9.782 e tem como finalidade principal proteger a saúde da população por meio da inspeção sanitária e autuação de processos, produtos, insumos, serviços e tecnologia.

No âmbito dos serviços de restauração, a Anvisa age sobretudo através de fiscalizações in loco. Nessas ações, os fiscais da Vigilância Sanitária verificam a adequação dos processos de produção, armazenamento e serviço dos alimentos às normas sanitárias vigentes.

O que é exigido pelos fiscais da Anvisa?

Existem dois pontos críticos que são alvo de maior fiscalização da Anvisa em restaurantes e que, portanto, merecem sua atenção: o Manual de Boas Práticas e os Procedimentos Operacionais Padrão (POPs). Esses critérios, embora críticos, podem ser facilmente alcançados, garantindo a tranquilidade da sua operação.

O Manual de Boas Práticas pode ser elaborado pela gestão do seu estabelecimento em parceria com um nutricionista ou outro profissional familiarizado com as normas vigentes da Anvisa.

Nele deve constar uma descrição detalhada da estrutura do estabelecimento e de todos os procedimentos realizados: desde a higienização de instalações, equipamentos e utensílios até o controle de pragas e a capacitação dos manipuladores.

A documentação dos procedimentos garante que as informações e orientações gerais da empresa não se percam, facilitando a integração de novos funcionários e a manutenção dos padrões de trabalho.

Já os POPs são um conjunto de instruções detalhadas para a realização de procedimentos de manipulação de alimentos. Os POPs se dividem em quatro grupos:

  • higienização de equipamentos, utensílios e móveis;
  • controle integrado de vetores e pragas;
  • higienização do reservatório de água;
  • higiene e saúde dos manipuladores.

Cada um desses POPs garante que seus colaboradores tenham sempre à mão instruções detalhadas de como realizar todos os processos da empresa de acordo com as normas de inspeção sanitária.

Como lidar com a visita de um fiscal?

Pois bem, digamos que um fiscal da Anvisa bateu à porta do seu restaurante: e agora? Confira abaixo nossas dicas!

Fique calmo

Durante a inspeção sanitária, é importante ficar calmo. A Anvisa opera com um protocolo de visita dupla, o que significa que, na primeira visita, o fiscal vai verificar possíveis inadequações e dará ao estabelecimento um prazo para adequação. Ao término do prazo, ocorrerá uma nova visita para verificar se os pontos apontados foram corrigidos.

Por isso, não há razão para pânico: mesmo que haja inadequações à norma, você terá tempo para corrigi-las antes de ser multado.

Verifique se a inspeção sanitária é válida

Por lei, o fiscal da Anvisa deve estar sempre acompanhado de um farmacêutico. É o farmacêutico que vai realizar as aferições técnicas dos itens apontados pelo fiscal, e ele pode até mesmo questionar alguma anotação feita pelo fiscal antes de corroborá-la.

Sem a presença desse profissional, a visita do fiscal perde sua legitimidade legal.

Gostou das nossas dicas sobre inspeção sanitária? Agora basta que você siga nossas dicas e se prepare para receber os profissionais da Anvisa tranquilamente. E se você tiver alguma dúvida ou quiser partilhar sua experiência, deixe um comentário aqui no post!

 

Veja também

Principais indicadores financeiros para sua empresa

 

Comentários

comentários

Software PDV