Saiba como melhorar a tomada de decisão em restaurantes

O ramo de alimentação é um dos mais disputados em todo o mercado. Por isso, cada centavo e minuto investidos para aumentar a colocação diante da concorrência são muito importantes. Porém, nem sempre a tomada de decisão nesse setor é algo fácil. Os riscos de um erro no setor financeiro ou algum descuido nos processos podem ter um alto custo e prejudicar a visibilidade mediante a clientela.

Felizmente, existem várias formas de se policiar e evitar certas armadilhas da má gestão. Veja aqui 5 dicas práticas para facilitar suas decisões e manter seu restaurante sempre aberto e com qualidade!

1. Use os dados mais que a intuição

É verdade que a culinária é uma área que demanda criatividade e inspiração, mas não se esqueça: um restaurante é uma empresa. Sua tomada de decisão depende fortemente dos dados que a apoiam.

Acreditar que um novo ingrediente agregará valor ao restaurante pode ser uma boa ideia, mas mudar o cardápio por completo em função disso, sem os devidos testes, é uma decisão precipitada.

Sempre que possível, analise casos anteriores e experiências já feitas. Isso ajudará a embasar qualquer decisão sua. Se for necessário dar um “salto de fé” em alguns momentos, tenha certeza de não fazê-lo às pressas, esperando sempre o momento certo.

2. Use a tecnologia a seu favor

Para ter uma boa análise de dados, é preciso contar com a tecnologia. Por exemplo, ao usar um cardápio digital, é possível facilmente conseguir estatísticas acerca dos pratos mais pedidos, quais são as preferências de cada cliente ou, ainda, informar-se sobre como se saíram os lançamentos no restaurante, entre muitas outras informações.

E o uso de um software para restaurantes vai muito além, integrando todos os setores de seu empreendimento, como estoque, pedidos, fornecedores, marketing, etc. Por isso, trata-se de um ótimo apoio para as tomadas de decisão.

3. Estude as alternativas

Um erro que muitos cometem na hora da tomada de decisão é não considerar todas as possibilidades. Muitas vezes, aquilo que parece ser a única forma não é sequer o melhor caminho a seguir.

Sempre tire um tempo para avaliar seus recursos e o que você pode fazer com eles. Assim, você terá certeza de que não está perdendo alguma oportunidade.

4. Tente simular os resultados

Depois de considerar as opções, é importante saber como elas se comportariam na realidade. Digamos que seu restaurante está a todo vapor, e você pretende abrir uma nova filial para expandir seus negócios, recebendo mais clientes. Parece uma boa tomada de decisão, mas uma análise cuidadosa mostra que talvez essa não seja a melhor escolha.

Primeiro, você teria que contratar mais cozinheiros, ensiná-los a preparar a comida do seu jeito, conseguir um novo imóvel e ver se o público das proximidades tem potencial, entre muitas outras coisas. Se os clientes vão ao restaurante devido a algo muito particular na sua comida, dificilmente isso será transposto para a filial.

Por isso, tente perceber como seriam as consequências de suas decisões antes de efetivamente tomá-las. Uma ótima opção é promover eventos no local pretendido e ver a receptividade das pessoas, além de treinar possíveis membros de uma nova equipe de cozinha, por exemplo.

5. Converse com toda a sua equipe

Outro pecado capital que muitos gestores cometem é desconsiderar a palavra de certos colaboradores. Talvez nem todos tenham o mesmo peso na tomada de decisão da empresa, mas há sempre alguma informação útil.

Por exemplo, garçons entendem quais são as dúvidas mais frequentes dos clientes, faxineiros sabem o que é melhor fazer para manter o ambiente limpo e bem conservado e entregadores veem em primeira mão a qualidade da mercadoria.

6. Não tenha medo de mudar

Mudanças nem sempre precisam ser conturbadas ou negativas. Um restaurante bem tradicional, com comida caseira, pode sim adicionar outros elementos, mudar sua logística ou adaptar suas receitas diante da necessidade. Basta oferecer um serviço de qualidade sob quaisquer condições.

Agora que você sabe como melhorar sua tomada de decisão, é hora de aumentar a qualidade e o lucro do seu restaurante. Tem alguma dúvida? Então deixe seu comentário!

Comentários

comentários