Software de gestão para MEI: 7 motivos para usá-lo no seu negócio

Se você está dando seus primeiros passos no mundo do empreendedorismo ou já atua há muito tempo no mercado, mas acredita que chegou a hora de investir no crescimento da sua marca, então é preciso ter uma gerência afinada. Um software de gestão para MEI (Microempreendedor Individual) pode ser um grande diferencial no seu negócio.

Neste post apontamos 7 motivos para utilizá-lo em sua empresa.

1. Informação é tudo

Traçar um plano de ação adequado para alcançar seus objetivos só é possível com um sistema bem organizado e tendo acesso a todas as informações acerca da sua empresa.

Um software de gestão para MEI poderá armazenar as informações necessárias e agrupá-las de uma forma simples e ordenada.

2. A tecnologia é um poderoso aliado

Grande parte dos MEI começa a empreender buscando uma segunda fonte de renda familiar. A consequência disso, é que as empresas são administradas de forma amadora, sem um controle real da clientela, dos custos ou do lucro líquido.

Uma vez de posse dessas informações e utilizando um sistema apropriado, o gestor pode adotar posturas que estejam de acordo com a realidade de sua empresa e trazer um crescimento sólido para seu negócio.

3. Organização é fundamental

Ainda é comum ver atividades de empresas registradas à mão, mas, à medida que o negócio cresce e se diversifica, logo existirão pilhas de papel espalhadas por todos os cantos. Dessa forma, o que começou como uma solução simples, intuitiva e barata (anotar em papel), mostra-se cada vez menos eficaz.

Uma opção para se organizar e não deixar nenhuma tarefa de lado é utilizar a técnica japonesa chamada Kanban. Um sistema tão simples que muitos chegam a duvidar de sua eficiência:

Divida as tarefas do mês em três colunas:

  • A ser feita;
  • Em andamento;
  • Concluída.

Conforme as tarefas forem sendo iniciadas e concluídas, você deve deslocá-las para a próxima coluna.

Embora possa ser feito manualmente, em uma parede, hoje existem diversos softwares que trazem esse sistema para seu computador.

4. Uma boa gestão financeira faz toda a diferença

Se você é um MEI, é possível que esteja ocupado com as diversas outras atividades do seu negócio e não tenha com quem compartilhar uma responsabilidade tão grande quanto seu controle financeiro.

Um bom software de gestão empresarial, adaptado às necessidades do seu empreendimento, pode simplificar muito esse processo. Além disso, seus dados ficam completamente seguros e você pode acompanhá-los de qualquer lugar, através de um computador ou mesmo do seu celular.

5. Não perca nenhuma venda

Diversos microempreendedores perdem excelentes oportunidades de negócio por não oferecerem a seus clientes formas de pagamento alternativas, além do dinheiro. Para que isso não ocorra, você pode ter o auxílio de softwares que emitem boletos bancários e, até mesmo, disponibilizem outros meios de quitação. Já existem no mercado diversas soluções que se integram automaticamente ao seu celular, permitindo receber via cartão de crédito ou débito.

6. Não perca os prazos

Perder prazos de pagamento de fornecedores, tributos ou empréstimos é sempre algo indesejável. Isso porque, além dos valores originais para os quais você havia se planejado, passa a pagar também multas e juros sobre esses valores. Um bom software de gestão para MEI pode alertá-lo sobre os vencimentos de suas contas e ajudá-lo a se programar a tempo.

7. Economia de recursos

Talvez você imagine que contratar um bom software de gestão empresarial seja um gasto elevado para um microempreendedor. Entretanto, investir em uma solução tecnológica para sua empresa não apenas deixa tudo mais organizado, mas também economiza diversos recursos, como papel, tinta e espaço para armazenar registros, evitando assim a contratação de mão de obra extra.

A médio prazo você perceberá que a aquisição de um software de gestão para MEI será um dos melhores investimentos que pode ser feito na sua empresa.

Gostou do post? Aproveite e confira quais os principais indicadores financeiros que você deve acompanhar em sua empresa!

Comentários

comentários

Dica como movimentar o estoque parado