7 vantagens em utilizar um sistema gestão ERP na nuvem

Você conhece o sistema ERP na nuvem? Ele é um software que reúne todas as ferramentas de gestão, dados e processos em uma única plataforma. Ele tem como principal objetivo aumentar a produtividade ao simplificar o acesso às informações, como inventário de estoque, emissão de notas fiscais, cotações e compra de produtos, dados financeiros, informações sobre fornecedores, etc — as possibilidades são muitas e você pode personalizar a sua plataforma de acordo com os serviços que vai utilizar.

Por serem extremamente modernas no campo da gestão, muitos sistemas ERP contam com a tecnologia em nuvem, que dispensa a instalação de um programa em seu computador e salva todos os arquivos em um servidor remoto, que pode ser acessado sempre que houver conexão com a internet ou que você baixe o arquivo — o acesso a essa plataforma pode ser feito até mesmo por meio do seu dispositivo móvel, como smartphone e tablet.

Em nosso post de hoje conheça 7 motivos para apostar em um sistema ERP na nuvem. Confira:

1 – Segurança

Muitos gestores cometem o equívoco de pensar que manter um ERP na nuvem deixa os dados da empresa mais inseguros. No entanto, o que percebemos é o contrário: ter essas informações salvas em servidores internos é mais perigoso do que alocá-los em um servidor em nuvem, que tem uma criptografia avançada e cujo fornecedor seja confiável.

A segurança da informação necessita de uma intervenção constante para se manter atualizada contra as mais novas ameaças. Isso demandará um investimento muito alto em hardwares e na segurança patrimonial. Se o fornecedor do ERP for confiável, ele certamente garantirá segurança integral, pois eles têm data centers equipados com alta tecnologia, e os sistemas de armazenamento são protegidos com firewalls potentes.

O ERP em nuvem pode se beneficiar de pontos de segurança e recuperação de dados que somente são possíveis com esta tecnologia como:

  • Backup automático dos dados em continentes diferentes;
  • Redundância das informações, para rápida recuperação;

2 – Redução de custos

A diminuição nas despesas devido ao uso de um ERP na nuvem é enorme. Vamos citar apenas três dos motivos que resultam nessa redução de custos:

Dispensa uma equipe de TI

Com o ERP na nuvem, sua empresa não necessitará de um servidor interno e cada máquina poderá funcionar de maneira independente. Assim, os riscos de uma falha impedir o funcionamento do seu negócio são mínimos, o que permitirá, consequentemente, terceirizar os serviços de TI.

Não é necessário gastar tanto com equipamentos

Sem a necessidade de um servidor interno, você poderá comprar máquinas de configuração mais simples, que atendam, principalmente, aos requisitos da aplicação de ERP que você contratar.

Reduz os gastos com energia elétrica e manutenção de máquinas

O custo para manter um data center interno é muito alto, pois envolve máquinas de alta potência ligadas 24 horas por dia, sete dias por semana. Isso vai se refletir no valor da energia elétrica, pois, além do consumo do servidor, será necessária uma sala com temperatura controlada.

3 – Menos preocupação

Manter um ERP em servidor interno gera bastante estresse. Quando o sistema de refrigeração não funciona ou quando há um fluxo muito grande de dados, o sistema superaquece e pode ficar lento.

Como você não conseguirá ficar parado vendo os processos de sua empresa naufragarem, você se estressará bastante tentando solucionar os problemas, seja pressionando o departamento de TI ou tentando resolver o problema com suas próprias mãos.

Por outro lado, com um sistema em nuvem, você transfere toda essa preocupação para os funcionários da empresa que você contratou. O máximo de trabalho que você terá será pegar o telefone para ligar para o SAC da fornecedora caso o serviço contratado apresente algum problema ou não esteja de acordo com o que você contratou.

Backups são automáticos, não necessitando de manutenções como substituição de dispositivos de armazenamento, mídias, etc.

4 – Foco na atividade principal

Você poderá se concentrar principalmente na área sua de atuação — lidar com a TI é uma tarefa que, geralmente, desgasta muitos gestores, que usualmente não tem formação na área de informática. Deixe este trabalho na mão de profissionais que realmente entendem e são capacitados para lidar com qualquer tipo de situação que possa acontecer.

Portanto, sem esse setor, você poderá gerenciar as atividades que você entende e os recursos alocados em TI podem ser direcionados para a logística ou o marketing, por exemplo.

5 – Flexibilidade

Usualmente, quando você contrata um serviço que não funciona em nuvem, é necessário instalá-lo. No entanto, nos sistemas em nuvem, o funcionamento acontece de forma modular, ou seja, você poderá utilizar somente as ferramentas que se encaixam em sua necessidade.

Além disso, os sistemas ERP são adaptáveis ao crescimento da sua equipe. Por exemplo, normalmente você escolhe um plano de acordo com o número de funcionários do seu negócio. Se você contratar mais funcionários, apenas terá que entrar em contato com a empresa prestadora do serviço para adequar o seu plano à sua nova realidade.

6 – Implementação rápida

Ao contrário dos servidores físicos, que necessitam de uma infraestrutura, no ERP na nuvem basta comprar a máquina, baixar o aplicativo ou acessar o site para começar a utilizá-lo.

Por isso, se você está começando a sua empresa, busque uma aplicação em nuvem para dar início às atividades o quanto antes. Em média, em 3 dias, você já tem todas as ferramentas à disposição. Utilizando um servidor próprio, você necessitaria de, pelo menos, duas semanas para que ele estivesse em pleno funcionamento.

7 – Mobilidade

Acesse os dados de qualquer lugar a qualquer hora, pois as informações ficam disponíveis 24 horas por dia.

Sua empresa na palma da mão, as informações podem ser acessadas através de dispositivos móveis como: smartphones e tabets, permitindo maior acompanhamento e tomadas de decisão de forma mais ágil e segura.

 

ERP na nuvem depende da internet?

Sim, hoje em dia, a qualidade da internet no país melhorou muito possibilitando o crescimento destas soluções, um bom exemplo seria ferramentas como: Gmail, Hotmail, entre outras que nem percebemos mas rodam em nuvem a muito tempo.

O ERP na nuvem é para a minha empresa?

Se você deseja acessar as informações sobre o seu empreendimento em qualquer lugar, ter a garantia de que os seus dados estão seguros e ainda reduzir os custos, o ERP é uma aposta que pode se mostrar bastante benéfica.

Antes de escolher o sistema ideal para a sua empresa, é muito importante se reunir com a sua equipe técnica e analisar tanto as demandas da sua empresa como os serviços ofertados pelo software, de modo a garantir que o ERP escolhido esteja de acordo com o que a sua empresa precisa e vai utilizar.

Você já pensou em adotar um sistema ERP na nuvem em sua empresa? Tem alguma dúvida ou experiência no assunto? Então, compartilhe a sua opinião com a gente na área de comentários logo abaixo!

Descubra como a KCMS pode ajudar você neste assunto, fale com de nossos consultores agora mesmo!

Aproveite e baixe gratuitamente nossos e-books! Acesse aqui.

 

Comentários

comentários

software de gestão