Como fazer a melhor estratégia de preço para fidelizar o cliente? Aprenda!

O que você leva em consideração na hora de precificar os seus produtos? Você sabia que promoções e preços reduzidos não são a única forma de fazer com que o seu negócio se destaque dos concorrentes?

De fato, existem algumas estratégias que podem ajudar o seu estabelecimento a atrair e fidelizar mais clientes, vendendo mais e potencializando os lucros do negócio. Quer saber como fazer isso? É o que veremos aqui!

Continue lendo e confira nossas dicas de ouro para colocar em prática a melhor estratégia de preço!

Entenda a psicologia dos preços

Na hora de precificar um produto, a maioria dos empreendedores leva em conta apenas os custos totais da produção e a margem de lucro desejada. Em alguns casos, até é utilizada uma pesquisa de mercado e a comparação de preços com a concorrência, para adequar o valor de venda.

Porém, existem outras estratégias que devem ser utilizadas nesse momento, para garantir um preço capaz de atrair e fidelizar os seus clientes. Uma delas é a psicologia dos preços.

Essa teoria tem como base o fato de que os preços têm efeito no desejo e na visão que os clientes têm do seu negócio. Isso vale inclusive para a disposição dos produtos dentro de um estabelecimento, ou seja, os preços que devem ser colocados próximos na loja ou no cardápio de um restaurante.

Entre os exemplos de aplicação dessa teoria, temos:

  • dígito esquerdo — precificar um produto com R$ 19,90, por exemplo, em vez de R$ 20,00, para dar a sensação de que ele é mais barato;
  • comparação de preços — colocar produtos próximos entre si com aumento de acordo com a sua qualidade. Em um restaurante, por exemplo, o prato mais completo deve ficar próximo do menos completo, para que o cliente entenda porque está pagando a mais;
  • valor agregado — o preço deve refletir o valor que o produto gera, não apenas os seus custos e o percentual do lucro desejado.

Crie um preço sazonal

A demanda pelos seus produtos pode variar de acordo com o dia da semana, ou mesmo com meses do ano. Então, por que os seus preços deveriam permanecer estáveis? Essa é a premissa do preço sazonal — outra estratégia de preço que pode atrair e fidelizar os clientes do seu negócio.

Basicamente, ela diz que você pode abaixar os preços em épocas nas quais um determinado produto tem menos saída, induzindo o seu consumo. Já quando ele é mais desejado, o seu preço pode ser mais alto, aumentando o seu lucro na venda.

Utilize o preço por volume

Sabemos que atrair clientes exige investimento, de energia e de recursos. Logo, quando ele entra no seu estabelecimento, o ideal é que ele consuma um volume alto de mercadorias, potencializando o retorno sobre esse investimento (ROI).

Para garantir isso, você pode utilizar o preço por volume. Essa estratégia está relacionada ao incentivo, por meio de descontos progressivos, para o consumo de um volume maior. No caso de empresas no ramo alimentício, por exemplo, podem ser oferecidos descontos para pratos que atendam a um grupo maior de pessoas — o que aumenta inclusive o número de potenciais clientes fidelizados a longo prazo.

Enfim, essas são algumas estratégias que podem ser utilizadas na precificação do seu negócio. Para escolher a melhor combinação, é fundamental que você entenda a sua realidade e busque o que melhor se adéqua a ela, potencializando os resultados positivos de uma precificação bem-feita.

Seja como for, a estratégia de preço faz parte do planejamento do negócio, como um todo. Então, se você gostou desta leitura e quer saber ainda mais sobre esse processo, aproveite para ler também sobre como investir em ferramentas de planejamento!