Mapeamento de processos: qual importância para o seu restaurante?

Qualquer empresa, independente do porte, é composta por setores que são responsáveis por inúmeras atividades importantes para a execução do trabalho: administrativo, financeiro, pessoal, produção, marketing, vendas, entre outros. O mapeamento de processos é o estudo das atividades desses segmentos, com objetivo de compreendê-las e melhorá-las.

Com esse trabalho, empresários e gestores têm maior controle sobre todos os processos realizados no restaurante. Assim, conseguem identificar gargalos produtivos e determinar soluções que tornem a empresa mais eficiente, melhorando o negócio e o tornado mais competitivo.

Nos próximos parágrafos, explicaremos mais detalhadamente sobre o mapeamento de processos. Quer saber mais? Então não deixe de ler as próximas linhas!

Por que mapear processos?

Para sobreviver a um mercado tão competitivo, os restaurantes devem estar preparados para enfrentar as mudanças que o setor está sujeito. Porém é bastante difícil tomar decisões estratégicas quando não se conhece a fundo o negócio — ainda mais quando envolve diversas áreas na rotina produtiva.

Com o mapeamento de processos, proprietários e gestores de restaurantes conseguem analisar cada etapa do trabalho diário, determinar o que funciona corretamente, perceber o que está funcionando mal e quais mudanças são necessárias para melhorar os processos e torná-los mais eficientes.

Dessa forma, o empresário passa um volume maior de informações que ajudam em suas tomadas de decisões. Assim, ele pode direcionar melhor seus investimentos de acordo com as necessidades de cada setor e os objetivos comerciais, além de se posicionar no mercado com mais segurança e autoridade.

Quais os benefícios do mapeamento de processos?

Existem diversos benefícios gerados com o mapeamento de processos e todos eles conferem diferenciais competitivos para o restaurante, pois melhoram todos os setores da empresa — administração, produção, marketing, vendas, entre outros. Veja algumas das principais vantagens:

  • reduzir custos;
  • automatizar rotinas de trabalho;
  • padronizar práticas de produção;
  • gera maior transparência;
  • aumentar as ações de controle e monitoramento;
  • desenvolver canais de comunicação e marketing;
  • melhorar a qualidade de produtos e serviços;
  • otimizar atendimento aos clientes;
  • aumentar a satisfação dos clientes com produtos e serviços.

Como mapear processos?

Para aproveitar os benefícios do mapeamento de processos, é preciso seguir alguns procedimentos. Assim, terá melhores resultados ao analisar a sua empresa. Confira quais:

Determine objetivos

Cada processo cumpre uma função importante para que o restaurante alcance suas metas. Portanto, é fundamental compreender qual o papel desse processo e se ele é essencial ou não para o negócio.

Reconheça entradas e saídas do processo

Entradas de processos são todos os elementos que são modificados e agregam valor à cadeia produtiva; já as saídas são os resultados obtidos com os processos e influenciam o serviço final do restaurante.

Identifique clientes e fornecedores

Fornecedores do processo são os responsáveis por dar início e executar as ações; já os clientes são aqueles que serão beneficiados com o processo.

Mapeando essas etapas e identificando os personagens que fazem parte delas, você consegue entender o funcionamento de toda a sua cadeia produtiva.

E, dessa forma, conseguirá promover melhorias na rotina de trabalho do seu restaurante — o que torna o mapeamento de processos essencial para o negócio.

Gostou deste artigo sobre a importância do mapeamento de processos para um restaurante? Então não deixe de ler esse texto com dicas para a informatização do seu estabelecimento!

Veja também:

software de gestão pdv

Comentários

comentários

software para lanchonete