Veja como tirar o máximo do seu sistema ERP

O sistema ERP (Enterprise Resource Planning) é, por definição, feito sob medida para as necessidades da empresa. Seu objetivo é se encaixar perfeitamente nas demandas particularidades de cada negócio para, assim, oferecer uma eficiência muito maior do que outros tipos de softwares de gestão. Por causa disso, ouve-se muito falar que o ERP funciona sozinho. Bem, não é verdade.

O sistema ERP trabalha, de fato, muito mais autonomamente do que outros programas. No entanto, isso só acontece se a sua implantação for feita de maneira correta e planejada e caso os seus operadores tenham o conhecimento necessário para trabalhar com essa ferramenta. O ERP responde aos dados que recebe.

São muitos os recursos oferecidos pelo ERP, como a simplificação de processos e a redução de custos, por exemplo, que começam no planejamento do sistema para a empresa até a sua efetiva utilização. Em nosso post de hoje, falaremos sobre como realizar todo esse caminho da maneira mais benéfica possível.

As vantagens de um sistema ERP integrado

A integração dos setores de uma empresa por meio de um ERP torna tudo mais dinâmico e harmônico. Todas as áreas são afetadas positivamente por esse sistema, tendo ganhos reais de produção e qualidade.

Esses ganhos já foram, inclusive, fruto de estudo da Red Cubana de La Ciencia. Dentre os principais benefícios apontados pelas empresas que utilizam um sistema ERP, destacamos três: a redução de custos, a simplificação de processos e o maior controle do gestor sobre a empresa.

A redução de custos se dá especialmente na hora da manutenção. Muitas empresas lidam com diversos sistemas diferentes, um para vendas, um para produção, um para controle de estoque. Isso demanda tempo e dinheiro para manter tudo funcionando. O ERP agrega todas essas informações em uma só plataforma, fazendo com que cada setor converse entre si de maneira muito mais dinâmica, e em tempo real. O que já faz parte do segundo benefício, a simplificação de processos. Com todas as informações em uma mesma linguagem, o tempo gasto para reunir dados é menor e a consistência e confiabilidade de cada detalhe sobre a empresa será maior na hora de tomar decisões do dia a dia.

Para o gestor, o sistema ERP é uma mina de ouro, porque toda a sua empresa está acessível a partir de um único lugar. A gestão fica mais completa e ciente da situação de cada setor, acabando com as pontas soltas e as discrepâncias de informação.

Tudo isso, porém, não acontece por milagre. Com um ERP bem planejado, é importante implantá-lo na empresa e capacitar os funcionários a utilizá-lo.

Implantação efetiva

Implantar o ERP quer dizer planejar. A empresa precisa saber o que deseja do sistema e quais são suas demandas organizacionais. Esse novo sistema mudará a dinâmica tecnológica do negócio, trazendo, também, uma nova forma de pensamento.

É fundamental entender que o ERP não é tapa buracos e nem serve de solução genérica. Sua produção e implantação só podem ser feitas mediante as necessidades reais da empresa. Portanto, antes de colocar um novo software de gestão empresarial, conheça o ambiente em que esse software operará e quem fará isso.

Treinamento para uso do novo sistema

Como se trata de uma mudança tecnológica, os funcionários deverão aprender a utilizar essa nova ferramenta. Os recursos do ERP só serão maximizados se os seus operadores souberam com o que estão lidando.

Todos os funcionários devem compreender os benefícios propostos pelo ERP e como essa nova tecnologia tornará o ambiente de trabalho mais saudável e produtivo — não adianta esperar que eles descubram por si só como utilizar o sistema. O indicado é que um profissional fique responsável por guiá-los nessa nova tecnologia.

Desde a teoria até a prática, todos na empresa precisam estar cientes do poder do sistema ERP e que somente por meio da devida operação de suas ferramentas que os benefícios serão colhidos — não só pelo gestor, mas por todos os setores. Se todos forem devidamente instruídos, o ERP funcionará, como dissemos, com bastante autonomia, desde que alimentado com dados sólidos e de qualidade, provenientes de uma implantação bem-feita.

Tem alguma dúvida sobre implantar um sistema ERP na sua empresa? Deixe um comentário para que nós possamos ajudar!

Comentários

comentários

black fridaygestão de restaurante